idoso no mercado de trabalho
Idosos e Trabalho

A presença do idoso no mercado de trabalho. Tem vagas?

A presença da terceira idade é cada vez maior nos diversos setores da sociedade. Assim sendo, o idoso no mercado de trabalho é algo crescente, e que deve ser considerado. Para saber mais sobre este assunto, leia o texto a seguir. Saiba como analisar esse novo aspecto da realidade, e veja que é possível ser produtivo e realizar tarefas importantes no mercado de trabalho mesmo sendo mais velho.

A presença do idoso no mercado de trabalho

Este é um aspecto cada vez mais comum. Ao contrário de antigamente, quando a terceira idade era considerada uma parcela da sociedade não mais produtiva profissionalmente, hoje as coisas são diferentes. Assim sendo:

  • Há inúmeras profissões e circunstâncias onde as pessoas da terceira idade continuam atuando profissionalmente;
  • Fatores como a incerteza com relação a reforma da previdência e os baixos valores da aposentadoria fazem com que os idosos voltem ao mercado de trabalho;
  • O trabalho na terceira idade também faz com que as pessoas se sintam produtivas, tenham vínculos sociais e um nível maior de satisfação pessoal.

Em alguns casos, a presença do idoso no mercado de trabalho também está associada com o gosto pela profissão adquirido ao longo da vida. E diante de todas estas circunstâncias, torna-se necessário ver como a terceira idade se enquadra em diferentes ofícios.

A importância de considerar o idoso no mercado de trabalho

Entre as diversas profissões que existem atualmente, há muitas maneiras em que o idoso pode se inserir novamente, ou se manter no mercado de trabalho. Tanto para empresas dispostas a considerar a contratação de pessoas mais velhas, quanto para esses indivíduos, alguns fatores devem ser levados em consideração:

  • Para muitas pessoas da terceira idade, a lucidez e a produção mental e intelectual segue intacta. Por isto trabalhos que exijam mais da cabeça do que do físico são boas opções;
  • Além disto, há uma tendência natural de crescimento da população da terceira idade e diminuição de mão de obra mais jovem em todo o mundo;
  • Somado a estes dois fatores, há hoje diversas formas de se trabalhar, inclusive em casa ou totalmente virtualmente. Isto fortalece a presença de profissionais idosos.

Ao se ater a estas circunstâncias, há várias vantagens em contratar ou recolocar um idoso no mercado de trabalho. Além dos fatores citados acima, a experiência e a responsabilidade desses profissionais tende a ser maior, o que traz mais vantagens para qualquer empresa.

idoso no mercado de trabalho

Por uma realidade cheia de perspectivas positivas

Atendo-se a realidade positiva de contar com o idoso no mercado de trabalho, sua saúde e bem-estar também pode ser beneficiada. Algumas das vantagens mais significativas para tanto são:

  • Maior independência financeira, o que dá ao idoso mais autoestima;
  • Possibilidade de troca de experiências e aprendizado;
  • Terreno para o desenvolvimento de novos talentos e aprimoramento pessoal;
  • Quebra de paradigmas negativos relacionados a velhice.

Quando a empresa tem um idoso no mercado de trabalho, não é exagero dizer que todos saem ganhando. Uma vez que a expectativa de vida é cada vez maior, envelhecer com autonomia e saúde financeira é algo positivo para todos os setores da sociedade.

O que esperar para o futuro?

Considerando todas estas informações, é possível que se torne cada vez mais comum e maior a presença do idoso no mercado de trabalho. Isto é algo bastante positivo, uma vez que pessoas mais velhas também são consumidoras e contribuintes da administração. Estimular hábitos de profissionais proativos trará ótimos resultados para todos.

Assim sendo, independentemente das incertezas políticas e econômicas e do que o futuro pode reservar, profissionais da terceira idade devem ser estimulados. Com certeza há uma série de vantagens em fazer isto.

Fonte: IBC Coaching Agência Brasil Exame

Posts Relacionados